Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, novembro 09, 2008

O Jogo Da TV (Parte III) - Internazionale x Udinese



Como fez questão de salientar José Mourinho logo após o término de Internazionale x Udinese, "una partita finisce quando finisce".
E, assim, a Inter do Special One venceu mais uma na bacia das almas, graças a um gol do redivivo argentino Cruz aos 92'.
Mourinho, que foi o grande protagonista do pós-jogo ao colocar o dedo na frente da boca como que fazendo silêncio para a parte da torcida interista que o contestava e ainda discutiu com o famoso jornalista Mario Sconcerti, não perdeu a oportunidade para também registrar: "segnare all'ultimo minuto è segnale che la squadra ci crede fino in fondo" e "rispetto alla prima Inter di Mancini ho 9 punti in più".
Com entrambe le formazioni schierate no 4-3-3, mas sem qualquer atacante di sfondamento (Ibrahimovic o avante nerazzurro mais central, enquanto Pepe - à direita contra Cambiasso - Afp, Quagliarella e Floro Flores - os avantes bianconeri - são todos típicos atacantes di rapina), o 1º tempo da partida foi bastante discreto, sem maiores chances concretas de gol, até porque gli esterni nerazzurri Balotelli e Quaresma estiveram pouco atuantes, com o português, em especial, pecando por excesso de individualismo.
Assim, não foi nada surpreendente quando El Jardinero Cruz (abaixo contra o meia D'Agostino, verdadeiro maestro do centrocampo friulano - Afp) voltou para o 2º tempo no lugar do Trivela Quaresma, com Mourinho disposto a impor maior consistência ao attacco.
Mas a alteração não surtiu o efeito desejado logo de saída, cabendo a Udinese a primeira boa oportunidade no 2º tempo com Floro Flores concluindo para a defesa de Júlio César já no minuto inicial.
E como o técnico Marino prendeu seus alas Ferronetti e Lukovic, que ficaram com a exclusiva missão de inibir as investidas de Maicon e Maxwell, a partida acabou demasiadamente concentrada pelo meio, com a Udinese chegando a ter 39% de suas ações por aquela área do campo.
Portanto, ainda que tenham entrado Obinna e Stankovic (nos lugares de Balotelli e Vieira), a partida continuou pouco emocionante até por volta dos 40', quando a Inter partiu para o pressing finale.
E, com muita determinação e sob vaias de parte dos seus próprios tifosi, a Beneamata chegou ao gol que valeu os 3 pontos em uma oportunista cabeçada de Cruz (acima - Bruno) já nos acréscimos.
O tabellino de mais uma vitória com un guizzo nel finale da Inter (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2008/11/o-jogo-da-tv-parte-i-reggina-x.html):
Inter: Júlio César; Maicon, Cordoba, Samuel, Maxwell; Vieira (72' Stankovic), Cambiasso, Zanetti; Quaresma (46' Cruz), Ibrahimovic, Balotelli (63' Obinna). All. Mourinho.
Udinese: Handanovic; Ferronetti, Coda, Domizzi, Lukovic; Inler, D'Agostini, Isla; Pepe (89' Motta), Quagliarella, Floro Flores (73' Sanchez). All. Marino.
Gol: 92' Cruz.
Árbitro: Morganti.
Cartões amarelos: Pepe, D'Agostino, Inler, Cruz e Cordoba.

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

2 Comments:

At 2:14 PM, Blogger JP said...

Rodolfo, esse golo do Inter caído do céu no último minuto explica tudo sobre a tal 'estrelinha' do Mourinho. Já na semana anterior tinha acontecido o mesmo frente ao Reggina e ontem um golo tremendamente fortuito voltou a garantir o triunfo ao Inter... Com tanta sorte é complicado lutar contra...
Abraços

 
At 5:28 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Tens toda a razão, a Inter, embora não convencendo (ao menos a mim), tem conseguido somar os pontos necessários para estar na liderança, tanto da Serie A, quanto da Champions League.
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker