Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

quarta-feira, junho 04, 2008

Gli Azzurri


No último teste antes da Euro 2008, a Itália, embora contra um adversário que se mostrou aquém das expectativas, se mostrou em boa saúde, mas ainda longe de ser uma equipe pronta para a competição européia, na qual a Azzurra fará sua estréia no próximo dia 09 contra a sempre perigosa Holanda.
Diante de pouco mais de 12.500 speattori em Florença, Donadoni lançou a Azzurra no 4-3-3 (à direita a formação inicial da Itália - Grazia Neri), com Camoranesi formando o tridente ao lado do aríete Toni - leggermente avanzato - e do habilidoso Di Natale.
E foi o atacante da Udinese o grande protagonista do 1º tempo, abrindo o marcador logo aos 9', aproveitando grande jogada de Pirlo (abaixo, à esquerda, contra Swerts - Grazia Neri), como também ampliou aos 41', desta vez con un delizioso assist de Aquilani, que compôs o centrocampo ao lado dos rossoneri Gattuso e Pirlo.
Na verdade, apesar da Itália ter jogado bem, demonstrando adequada preparação física e buon possesso di palla, a Bélgica muito colaborou para o domínio dos azzurri, concedendo muito espaço aos italianos, que tiveram a fascia destra, com o duo Panucci-Camoranesi, como ponto de referência.
Na 2ª etapa, Donadoni promoveu 6 substituições, inclusive entrando com Cassano, Borriello e Del Piero no ataque.
Obviamente, com tantas alterações, não foi possível mais analisar a Itália enquanto squadra, mas o 2º tempo serviu para ver um ótimo Del Piero (à direita contra Vertonghen - Ap), que logo no início propiciou a Camoranesi o 3º tento italiano, enquanto coube a Borriello perder o gol mais fácil de toda a gara.
No final, o oportunista Sonck ainda marcou o della bandiera belga, mas nada que maculasse a boa apresentação da Itália ou alterasse a conclusão de que a preparação em Baden deverá ser de muito trabalho.
Mas a boa notícia da semana azzurra ficou por conta da conquista - inédita, pelos comandados de Casiraghi, do famoso Festival Internacional Espoirs de Toulon et du Var.
Depois de vencer os 3 compromissos da 1ª fase e superar o selecionado nipônico de Morimoto nas semi-finais (vide link Na Última Vez ...), a Italia Olimpica venceu o Chile na finalíssima por 1 x 0 neste último dia 29.
O jogo decisivo foi disputado de baixo de forte chuva, mas dominado amplamente pelos italianos, que tiveram em Giovinco e Osvaldo seus grandes destaques, com o atacante da Fiorentina realizando la rete decisiva aos 25' da etapa complementar (acima sua comemoração - Nucci), com uma svicolata.

Marcadores: ,

Na Última Vez ...

6 Comments:

At 1:30 PM, Blogger JP said...

Grande Giovinco, o melhor jogador do torneio! Pró ano vai 'explodir' na Juve =)
Abraços

 
At 9:18 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Certamente Giovinco foi o destaque da 'U21' italiana no Torneio de Toulon, mas será que vai ter espaço na Juve? É verdade que a 'Vecchia Signora' sabe trabalhar bem com jovens, mas talvez fosse melhor um novo empréstimo para o talentoso 'trequartista'.
Abraços,

 
At 12:39 PM, Blogger JP said...

Rodolfo, eu acredito que Giovinco irá ter oportunidades de demonstrar o seu talento em Turim na próxima temporada. Com a participação na Champions e a possível rotatividade que irá existir na 'squadra' pode ser um belo substituto para Del Piero e Nedved por exemplo. Como o checo muito provavelmente se irá reformar no final da época poderá ser o seu herdeiro...
Abraços

 
At 11:12 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Tomara que você esteja certo, pois sempre gosto de ver novos valores despontando e acho que, infelizmente, muitas vezes os italianos (e também os espanhóis, portugueses, ...) preferem apostar em um brasileiro ou argentino mais ou menos, do que em seus jovens.
Mudando de assunto, que pena a eliminação de Portugal da Euro, não?
Abraços,

 
At 1:59 PM, Blogger JP said...

É verdade Rodolfo, estou plenamente de acordo contigo, nada como ver um jovem valor nativo despontar e afirmar-se no seu clube e país de origem, oxalá que dê tudo certo com Giovinco, tenho muita esperança nele!
Quanto a Portugal foi novamente o 'Triste fado lusitano...', acabei de divagar sobre isso no 'Doce Ilusão'... enfim, tínhamos potencial para vencer a competição, somos superiores aos alemães, mas mais uma vez a desilusão venceu...
Abraços

 
At 1:11 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Foi realmente uma pena, principalmente porque a defesa (e o goleiro) lusitana falhou demais nos 'golos' alemães, que sempre apresentam um futebol bastante competente.
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker