Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, março 09, 2008

O Jogo Da TV (Parte III) - Genoa x Juventus



Finalmente! Depois de uma série de atuações pouco convincentes, o polivalente defensor ceco Zdenek Grygera, contratado pela Juventus sob grande expectativa em julho último, fez uma grande partida!
E não foi só pelo difensore ter sido intransponível na zona defensiva, mas, principalmente, por ter sido fundamental ofensivamente: marcou o 1º gol bianconero com um petardo indefensável e depois serviu brilhantemente para o francês Trezeguet radoppiare.
A Juve começou decididamente em cima, com Del Piero (à direita contra Lucarelli - Grazia Neri) muito ativo pelas alas, porém, aos 22', seu importantíssimo centromediano Zanetti começou a zoppicare e o Genoa aproveitou para crescer, passando a explorar velozmente os contra-ataques.
Mas foi aí que a equipe de Turim abriu o marcador: a defesa rossoblù barrou uma tentativa do bósnio Salihamidzic, com a bola sobrando para Grygera disparar un gran diagonale dalla sinistra imparabile (abaixo o momento da conclusão - Grazia Neri) para o arqueiro Scarpi, que substituiu o brasileiro Rubinho, lesionado.
Em desvantagem no placar, o Genoa não se achou mais em campo no 1º tempo, a ponto de ultrapassar o meio de campo em pouquíssimas oportunidades, deixando a Juventus dominar amplamente o cotejo e, em mais uma subida sensacional de Grygera, ampliar o marcador com Trezeguet, que se igualou a Borriello na artilharia do torneio com 16 gols.
Na 2ª etapa, a chuva aumentou a o Genoa voltou melhor, com Gasperini fazendo boas trocas ofensivas durante o período: Di Vaio por Sculli, Vanden Borre por Milanetto e Figueroa por De Rosa.
Assim, Borriello forçou Buffon a fazer uma belíssima defesa e ainda a contar com a trave aos 6', enquanto Figueroa desperdiçou um gol feito aos 49' por causa de provvidenziale intervenção de Grygera - o homem do jogo!
O tabellino:
Genoa: Scarpi; Lucarelli, De Rosa (78' Figueroa), Criscito; Konko, Milanetto (64' Vanden Borre), Konko, Fabiano; Leon, Borriello, Sculli (59' Di Vaio). All. Gasperini.
Juventus: Buffon; Zebina, Legrottaglie, Chiellini, Grygera; Sissoko (69' Nocerino), Zanetti (74' Tiago), Camoranesi, Salihamidzic; Del Piero (78' Iaquinta), Trezeguet. All. Ranieri.
Gols: 25' Grygera, 32' Trezeguet.
Árbitro: Morganti.
Cartões amarelos: Legrottaglie, Sissoko (ao lado contra vários adversários - Grazia Neri), Sculli, Camoranesi, Criscito, Fabiano e Zebina.

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

7 Comments:

At 11:54 AM, Blogger JP said...

Concordo plenamente contigo Rodolfo, Grygera foi mesmo o homem do jogo, um belo golo e uma excelente assistência completaram da melhor maneira uma boa exibição na defesa. Já o tinha escrito várias vezes, é como lateral que o checo joga bem e não como central como já deu para ver em vários jogos...
Quanto ao encontro em si penso que a Juve teve uma vitória justa acabando com a série de maus resultados.
Abraços

 
At 10:22 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Pois é, acho que o Grygera vem sendo sacrificado até pela falta de opções defensivas que Ranieri tem nessa temporada. Até hoje acho que o Boumsong teria um lugarzinho nesse plantel... (rs)
Abraços,

 
At 2:04 PM, Blogger JP said...

Eh eh eh apesar de não apreciar muito o Boumsong tenho que concordar contigo, provavelmente seria melhor mantê-lo até ao final da temporada e já não teria sido necessário ir buscar o Stendardo... Segui com atenção a eliminatória entre o Man Utd e o Lyon e o Boumsong esteve simplesmente impecável, fiquei com muito melhor impressão dele.
Sim, mais uma vez concordo contigo, a falta de opções para o eixo central da defesa tem levado Ranieri a colocar lá Grygera, mas ele nesse posto é quase um desastre... na lateral sim tem tido boas prestações com especial destaque para esta partida com o Génova.
Abraços

 
At 3:02 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Pois é, ainda mais que o Stendardo tem sido muito pouco utilizado na Juve (embora eu nunca tenha achado que ele fosse digno de vestir a camisa 'bianconera'), com Ranieri preferindo deslocar o Grygera (com os resultados já apontados por você) para o meio da zaga ao invés de colocar o 'ex-laziale' em campo.
Só posso acreditar que o Boumsong fez uma grande força para ir embora...
Abraços,

 
At 4:50 PM, Blogger JP said...

É provável que tenha sido mesmo isso Rodolfo, ele pegou de estaca na defesa do Lyon, o regresso do Cris também deve ter ajudado a isso. Fica para a história que ele se despediu com um belo golo de cabeça frente ao Inter.
Tal como já te tinha dito o Grygera já na selecção checa quando joga ao centro não tem a mesma qualidade...
Abraços

 
At 12:30 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
É, mas gostaria de tê-lo visto jogando na Serie A, onde Bounsomg não chegou a estrear, nem que fosse para figurar nas estatísticas.
Abraços,

 
At 11:58 AM, Blogger JP said...

É verdade Rodolfo, acaba por ser hilariante que o Boumsong não tenha jogado 1 minuto sequer na Série A...
Abraços

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker