Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

quarta-feira, janeiro 09, 2008

Especulações Da Semana


Continua um calciomercato muito morno, até na seara das especulações. Talvez seja reflexo dos exíguos grandes craques existentes no atual futebol mundial ou mesmo da penúria financeira dos clubes italianos, mas as possíveis grandes (?) contratações neste mês de janeiro se resumem ao português Maniche (abaixo, à direita - Herringshaw) na Inter, ao holandês Van der Vaart na Juventus e ao polonês Boruc no Milan...
Destes, quem parece estar mais perto da Itália efetivamente é o português, atualmente pouquíssimo utilizado no Atlético Madrid.
Já Van der Vaart, capitão do Hamburger e certamente o melhor dos 3, é bem capaz de também aparecer na Itália, mas somente em julho.
Boruc, goleiro polaco do Celtic, da Escócia, por enquanto é apenas um dos muitos cogitados substitutos do brasileiro Dida numa lista que também conta com os da mesma forma brasileiros Diego Cavalieri e Doni e os franceses Frey e Lloris.
Aliás, falando em goleiro, a novela Carrizo-Lazio parece longe do fim, ainda mais agora que o argentino está sendo investigado por irregularidade no passaporte.
Mas Carrizo não é o único objetivo da Lazio, que também estaria interessada nos conhecidíssimos defensores portugueses Rolando (Belenenses) e Tonel (Sporting Lisboa).
Ainda no capítulo portiere, o azzurro Amelia continua tendo seu nome ligado a diversos clubes, dentre eles até o Barcelona, enquanto a Sampdoria também estaria atrás de um novo goleiro novo: Curci (Roma) ou Viviano (Brescia) seriam as primeiras opções.
Efetivamente, os clubes que mais se mexeram neste início de mercato foram aqueles que estão na parte mais baixa da tabela, a começar pelo lanterninha Cagliari, que oficializou as chegadas do goleiro Storari (que estava emprestado pelo Milan ao Levante da Espanha) e do atacante brasileiro Jeda, proveniente do Rimini.
Agora, o clube do presidente Cellino (que vive em Miami, bem longe das contestações dos tifosi sardi) estaria interessado no meia uruguaio Amodio e no atacante brasileiro Piá, ambos do Treviso, na Serie B, que deve ser o destino do tradicional clube da Sardenha, que ainda perdeu o bom meia Budel, pretendido por Bologna e Sampdoria.
Apenas uma posição acima na classificação, a Reggina, que já tinha acertado com o atacante uruguaio Stuani, promoveu nesta semana o retorno à Itália do defensor Cirillo, que já defendeu o próprio clube amaranto em outras temporadas e estava ultimamente no fortíssimo e anteriormente citado Levante.
O Siena, terzo ultimo in classifica, contratou nesta semana o uruguaiano Porta junto ao River Plate Montevideo e o portiere brasiliano Arthur, com passagens por Cruzeiro e Coritiba.
Aliás, brasileiros quase totalmente desconhecidos é o que não falta na Itália neste momento: estão fazendo testes no Catania os ex-vascaínos Bóvio (meia) e Wescley (zagueiro), o lateral Sidny foi contratado pelo Livorno junto ao Náutico e o Palermo parece que assegurou o atacante Túlio de Melo (atualmente um dos buteurs do campeonato francês com a camisa do Le Mans) para junho.
Para finalizar com uma transação de relevo, também deverá chegar à Itália em junho próximo o bom zagueiro Olof Mellberg (à esquerda - Getty Images), capitão da seleção sueca e que está trocando o Aston Villa pela Juventus.

Marcadores: , , ,

Na Última Vez ...

11 Comments:

At 12:01 AM, Blogger JP said...

Rodolfo, tal como já tinha comentado com a Cyntia, Maniche tem uma personalidade muito peculiar e o único treinador com que se conseguiu dar bem foi com Mourinho... Aguirre, o treinador mexicano do Atlético, tal como o alemão Heynckes no Benfica, não pode com as atitudes de Maniche e quer é despachá-lo... Mesmo Scolari na selecção portuguesa já deixou Maniche de fora da selecção portuguesa durante quase 2 anos por atitudes pouco profissionais do médio após jogos com a Espanha em 2003 e Polónia em 2006... Não sei até que ponto é que se irá dar bem, quer com Mancini quer com os muitos sul americanos existentes no plantel nerazzurri...
Estou a torcer para que Van der Vaart venha para a Juve no próximo ano, acho-o um excelente jogador. Ao que parece Mellberg está praticamente certo, é um bom reforço também. Hoje li que o Sissoko está quase certo para já, sinceramente não o acho nada de mais, quer no Valência, quer agora no Liverpool não mostrou grande qualidade, acho que não vai acrescentar rigorosamente nada ao meio campo bianconero...
Boruc é um excelente guarda redes na minha opinião, se for para o Milan será uma boa aposta.
Abraços

 
At 2:26 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Pois é, bem que a Gazzetta dello Sport já estampou: "Inter, Maniche rimandato", pontuando "Nuno non troverebbe spazio e altererebbe gli equilibri dello spogliatoio".
Com franqueza, acho que Moratti & Cia. poderia ir atrás de um jogador mais interessante, como Maresca.
Quanto ao Van der Vaart e ao Sissoko, concordo também plenamente contigo - o holandês seria muito bem vindo, enquanto o africano não acrescentaria grande coisa ao atual elenco 'bianconero'.
Por fim, Boruc me parece uma boa alternativa, mas acho que o Milan poderia percorrer o caminho doméstico e contratar o Amelia, que me parece que acaba até mais em conta...
Abraços,

 
At 10:19 AM, Blogger Lady Cyntia said...

A Sampdoria vive atrás e goleiro novo e quando contrata, chama um jovem, menos experiente do que o Castellazzi, como ocorreu com o Mirante. E ele acaba nem jogando. Resultado, há dois anos o time procura um goleiro... Bem, o Amelia, duvido que queira ir para a Samp, com o interesse do Mialn. E o Curci é um bom nome.

Seu comentário é perfeito: 'reflexo dos exíguos grandes craques existentes no atual futebol mundial ou mesmo da penúria financeira dos clubes italianos'.

Não acho que falta craques, a questão é a Itália competir com Inglaterra, Espanha e até mesmo a Alemanha. Depois do 'Calciocaos' e dessa onda de violência que de vez enquando desponta no país.

Veremos...

Ótimo dia para vocês!

 
At 1:16 AM, Blogger JP said...

Rodolfo, parece que Maniche já é mesmo jogador do Inter... fico contente que Maresca não vá para o Inter, nunca concordei com a sua saída da Juve e acho que era uma óptima altura para ele regressar ainda para mais quando se fala tanto nesse jogador medíocre que é o Sissoko, há coisas incompreensíveis no futebol e esta é uma destas, como é que um jogador como esse, que passa quase incógnito por Valência e Liverpool consegue ter a Juve afincadamente 'atrás' dele...
Sem dúvida Rodolfo, também acho o Amelia um bom guarda redes, não é por acaso que é o suplente de Buffon, seria um bom reforço para o Milan também.
Abraços

 
At 3:02 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Pois é, sabe que aqui no Brasil nós temos vários exemplos de jogadores que nunca passaram de medianos, mas só jogam em times grandes e com ótimos contatos.
Acho que o segredo para tanto se resume em uma palavrinha: "empresário".
O meu Fluminense está se livrando de um desses exatamente agora - o atacante Jean, que começou no Flamengo (fez uma única partida digna de registro, é verdade que decidindo um campeonato carioca em favor do seu time em cima do grande rival Vasco), passou por Cruzeiro, Vasco, Corinthians, Flu (para jogar nos demais times do Rio, parece que basta jogar num deles que os outros ficam logo atrás) e, agora, parece que está indo para o Grêmio.
Ele é um jogador rápido, mas tem uma péssima pontaria e nunca conseguiu se firmar em clube algum, mas sempre arruma uma 'boquinha' excelente!
Abraços,

 
At 3:03 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Faltou uma '?' ao final da 1ª frase...
Abraços,

 
At 9:47 PM, Blogger JP said...

Pois é, Rodolfo, deve ser mesmo essa a explicação, aliás nós já tínhamos comentado sobre esse tema por aqui... Não conheço esse jogador, o Jean, mas se ele se está a ir embora do 'Flu' são boas notícias para ti então ;)
Abraços

 
At 12:23 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Com certeza! Aliás, sobre o tema, acho que o fenômeno também ocorre, ao menos de vez em quando, com os 3 grandes de Portugal, não?
Abraços,

 
At 8:32 PM, Blogger JP said...

Rodolfo, é verdade sim, os '3 grandes' portugueses já tiveram diversas fases de fenómenos relacionados com muita influência de determinados empresários... O Sporting no final dos anos 90 contratou muitos argentinos, o Porto na época pós Mourinho tinha cerca de 10 brasileiros e em ambos os casos a grande maioria de qualidade muito duvidosa... O Benfica também em meados dos anos 90 sofreu na pele este problema já que os reforços vindos de um certo empresário foram quase todos embuste...
O resto dos outros clubes portugueses também é muito influenciado pelo poderio actual dos empresários no futebol dos nossos dias, a grande maioria desses mesmos clubes contrata jogadores brasileiros, africanos e do leste europeu por 'catálogo', arrisco-me a dizer que 90% deles nada melhores do que os jovens portugueses que são 'tapados' e não têm assim chances de evoluir...
Abraços

 
At 12:09 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Concordo que essa 'predileção' por jogadores estrangeiros é um perigo para os países europeus, vide a própria Itália, que é o que acompanho de mais perto.
Por exemplo, porque o brasileiro Jeda, que nem mais jovem é, foi tão cobiçado nesse mercado de inverno? Será ele tão melhor que outros nativos da própria Itália? Na minha opinião, não!
Abraços,

 
At 11:04 PM, Blogger JP said...

Rodolfo, desconheço completamente esse jogador brasileiro que referes... por isso como especialista no Calcio acredito piamente na tua opinião.
Eu cada vez sou mais defensor da aposta em jogadores do próprio país e de preferência jovens criados nas camadas jovens do clube, penso que
é aí que os clubes deveriam apostar e fico contente por a 'minha' Juve já ter confirmado o nome de Giovinco na 'rosa' para a próxima época, espero que Marchisio e De Ceglie também lá estejam.
Abraços

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker