Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

quarta-feira, junho 27, 2007

Gli Azzurri


A Itália Under 21 decepcionou, foi logo eliminada do Europeu da categoria, mas, ao menos, obteve a qualificação para as Olímpiadas de Pechino.
E, que qualificação! Afinal, disputavam a última vaga européia os selecionados italiano e português, este último dos vários Djaló, Moutinho e da super estrela Nani (na foto à direita - Ap - contra Montolivo), recentemente cedido pelo Sporting Lisboa ao Manchester United pela bagatela de € 25,5 milhões!
Porém, apesar dos ótimos valores em campo (do lado italiano, o c.t. Casiraghi começou com Viviano; Motta, Andreolli, Chiellini e Criscito; Nocerino, Aquilani e Montolivo; Rossi e Rosina - na foto abaixo perseguido por Manuel Fernandes - Ap; Pazzini), a partida não foi excepcional em termos técnicos, com as equipes aparentando muito nervosismo com a responsabilidade de decidir uma vaga nas Olímpiadas vindouras.
Assim, no 1º tempo, a Itália só teve, efetivamente, uma palla gol, desperdiçada por sua ponta de diamante Pazzini (apesar de Rossi ter também protagonizado uma jogada genial no último minuto antes do intervalo), enquanto a seleção lusitana foi apenas um pouco melhor, tendo sua melhor chance nos pés de Silvestre Varela.
Na etapa complementar o ritmo da partida não mudou muito, com ambas as equipes demonstrando boa disposição, mas com as defesas superando os ataques, até que aos 30' Giuseppe Rossi recebeu, por reclamação, o secondo giallo e foi expulso (foto abaixo à direita - Ap), deixando a Itália com 10.
Daí em diante Portugal desperdiçou várias oportunidades, seja com Nani, Miguel Veloso, João Moutinho ou com Yannick Djaló, que chutou por cima da meta defendida por Viviano uma bola incrível já na prorrogação.
A Itália, em desvantagem numérica dentro de campo (chegou a ficar com apenas 9 jogadores quando o capitão Chiellini teve que ser atendido fora de campo), apostou tudo na decisão por pênaltis, quando acabou vitoriosa (na foto abaixo a comemoração Azzurra - Ap), vez que o portiere italiano defendeu a cobrança de Manuel Fernandes e Antunes chutou para fora, enquanto todos os cobradores azzurrini converteram suas oportunidades.
Portanto, se a aventura dos italianinhos na Holanda não foi um sucesso, ao menos não foi um fallimento totale e o emprego de Casiraghi parece preservado.
Para completar, eis a seleção do torneio (que teve a Holanda campeã) eleita pela U.E.F.A.: Damir Kahriman (Sérvia); Gianni Zuiverloon (Holanda), Branislav Ivanovic (Sérvia), Giorgio Chiellini (Itália) e Aleksandar Kolarov (Sérvia, recém contratado pela Lazio); Royston Drenthe (Holanda), Hedwiges Maduro (Holanda), Alberto Aquilani (Itália) e Bosko Jankovic (Sérvia, mais nova contratação do Palermo); Maceo Rigters (Holanda) e Leroy Lita (Inglaterra).
Olho neles!

Na Última Vez ...

3 Comments:

At 2:13 PM, Blogger Lady Veronese said...

Rodolfo...
Casiraghi é fraquinho. Se vc me perguntar sobre tática, eu não sei, mas não vi, pelo menos no jogo que assisti contra a Inglaterra, um time orientado. Só melhorou um pouco no intervalo, e vamos combinar, time tem que entrar querendo jogo no primeiro minuto, não depois de 45 para tentar salvar alguma coisa.

Na minha opinião de torcedora, mesmo, só com o Rossi já dava pra fazer caldo e com Pazzini um senhor 'cozido' e aí a Itália sofre desse jeito?! Bem ao estilo deles mesmo... Pelo menos parece que a síndrome dos pênaltis já passou. rs

Abraços e ótimo fim de semana!

 
At 5:06 PM, Blogger JP said...

Casiraghi faz lembrar o Mancini ou o Rijkaard, muito fraquitos como treinadores... so têm tido sucessos pq possuem grandes craques nas suas equipas... Olhando pros sub 21 italianos, tambem pensava que chegariam mais longe, inclusive ate à final, onde pensava tambem que o meu pais, Portugal, podesse chegar mas, nós tambem temos um pessimo treinador, Couceiro, desceu o historico Belenenses e não conseguiu ser campeão com o FC Porto pós Mourinho... Mas, voltando aos azzurri, penso que neste lote de jogadores estarão alguns que dentro de pouco tempo jogarão na nazionale, estou a pensar em Chiellini, Criscito, Montolivo, Aquilani, Montolivo, Rosina, Pazzini, Palladino ou Rossi... Com o envelhecimento dos craques actuais como Del Piero, Totti, Cannavaro, Toni, entre outros, estes jovens terão todas as hipoteses em breve na selecção A azzurra!
1 abraço

PS: só uma coincidencia, não sei se sabes, mas o fisioterapeuta portugues mais conhecido, ja passou pelos 3 grandes, Porto, Sporting e Benfica onde hoje se encontra, chama-se Rodolfo Moura ;) uma curiosidade do mundo da bola...

 
At 11:03 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

Prezados,
Muitíssimo obrigado pelas participações. Quanto ao trabalho do Casiraghi, ainda não me sinto em condições de avaliá-lo, mas confesso nutrir uma simpatia pelo ex-atacante em razão de seu passado. No tocante ao fisioterapeuta português Rodolfo Moura, JP, eu já li algumas matérias sobre seu trabalho.
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker