Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

terça-feira, junho 26, 2007

Momento Panini - Marco Di Vaio


Para completar a homenagem do Calcio Serie A aos promovidos à máxima divisão do futebol italiano para a próxima temporada, esta semana a 'Momento Panini' aborda a carreira de Marco Di Vaio, atacante atualmente in forza ao Genoa, mais antiga società calcistica da Itália - 9 vezes campeã nacional - e que está de volta à Serie A depois de 12 anos.
O romano Di Vaio nasceu em 15 de julho de 1976 e é um atacante que concilia habilidade com rapidez e foi contratado pelo time de Enrico Preziosi em janeiro último, demonstrando com bastante clareza as intenções ambiciosas do clube.
O hoje afirmado atacante surgiu na Primavera Laziale juntamente com o zagueiro Alessandro Nesta e estreou na Serie A com a mesma maglia biancoceleste em 20 de novembro de 1994 na vitória sobre o Padova por 5 x 1, entrando no lugar do hoje c.t. dos Azurrini Casiraghi e marcando seu 1º gol antes de completar seus primeiros 10' em campo.
Ao final da temporada 1994/1995, com a Lazio terminando em 2º lugar e com o melhor ataque da competição, Marco Di Vaio já colecionava 8 presenças e 3 gols na Serie A.
Porém, como a poderosa Lazio contava com os atacantes Boksic, Casiraghi, Rambaudi e Signori no elenco, o jovem Di Vaio acabou emprestado ao Verona, então na Serie B, em novembro de 1995.
Mas também no clube da cidade de Romeu e Julieta o giovane Di Vaio não teve muito espaço e acabou, no início da stagione 1996/1997, envolvido pela Lazio na negociação que tirou o artilheiro Igor Protti do Bari.
Se Protti não conseguiu reeditar suas boas atuações em Roma, Di Vaio também não foi bem em Bari, tendo feito apenas 3 gols em 27 partidas na Serie B.
Assim, Di Vaio se mudou para Salerno na temporada seguinte e, em uma annata extraordinária, finalmente seu futebol explodiu, a Salernitana conquistou o título da Serie B e Di Vaio foi o artilheiro da competição com 21 gols.
De volta à Serie A (figurinha acima), Di Vaio fez 12 gols na temporada 1998/1999, mas, apesar da companhia dos vários Bernardini, Di Michele, Fresi, Gattuso, Tedesco e Vannucchi, não conseguiu evitar o rebaixamento da Salernitana ao final do campeonato.
Porém, suas boas atuações valeram uma transferência para o Parma, então entre os principais favoritos ao título italiano (o clube cedeu nada menos que 5 jogadores - Buffon, Cannavaro, Dino Baggio, Fuser e Vanoli - para a Azzurra na temporada 1999/2000, além de ter os vários Amoroso, Crespo, Ortega e Thuram no elenco).
Apesar da concorrência aguerrida, Di Vaio fez 6 gols em 23 partidas no seu primeiro campeonato com os crociati, das quais só jogou os 90' em 6.
No campeonato seguinte, com a partida do argentino Crespo para a Lazio, Di Vaio teve mais espaço e acabou como artilheiro da equipe ducale com 15 gols.
Melhor ainda foram seus números na stagione 2001/2002 (apesar da modesta 10ª colocação do Parma), quando fez 20 gols em 33 partidas e chegou à seleção italiana, onde fez sua estréia contra Marrocos em 05 de setembro de 2001 (ao todo, Di Vaio tem 14 presenças e 2 gols com a Azzurra, tendo participado da Euro 2004).
Daí, o atacante romano foi contratado pela Juventus, clube com o qual disputou a temporada 2002/2003 (26 jogos e 7 gols) e 2003/2004 (29 e 11).
Em seqüência, Di Vaio foi tentar a aventura no exterior, primeiro na Liga com o Valencia e depois na Ligue com o Monaco.
Surpreendentemente, o último capítulo das mudanças de Di Vaio (até aqui) foi a troca dos palcos da Champions League pelos da Serie B, com o Genoa (figurinha no alto à esquerda).
Porém, como era de se esperar, o retorno de Di Vaio à Serie B teve duração bastante breve e uma dupla sua com o argentino Lucho Figueroa é muito aguardada na Serie A, o palco do Genoa!

Na Última Vez ...

6 Comments:

At 4:28 PM, Anonymous Lourival José said...

Beleza Rodolfo. Parabéns pelo blog - realmente somos apaixonados por futebol e levamos este projeto adiante. Caso o amigo possa, adicione o meu blog em seus favoritos. Um forte abraço. Lourival José - www.futeboleanalise.zip.net

 
At 5:50 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Lourival,
Muito obrigado pela participação e, como você poderá notar, seu blog já está 'linkado'!
Abraços,

 
At 6:46 PM, Blogger JP said...

Recordo-me perfeitamente quando a Juve contratou Di Vaio ao Parma, na altura era o craque e capitão de equipa do Parma, foi na sequência da Supertaça Italiana disputada em Agosto de 2002 em Tripoli na Libia entre a Juve e o Parma. A Juve venceu por 2-1 com 2 golos de Alex Del Piero mas, o Parma deu bastante luta e em especial Di Vaio que acabou marcando o golo de honra e por ser contratado para a vecchia signora pouco tempo depois. A aposta seria a de poder rodar com a dupla titular Del Piero/Trezeguet mas, nunca se revelaria totalmente acertada, saindo 2 anos depois para o Valencia onde não teve grande sorte... Pelo que li fez uma grande 2ª volta na ultima epoca no Genova e pode ser decisivo para a historica equipa se aguentar na Serie A...

 
At 12:12 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Sem dúvida Di Vaio foi importantíssimo para a ascensão do Genoa à Serie A, tendo marcado 9 gols na 2ª parte da temporada.
Porém, acredito que, ainda mais relevante, foi a demonstração de que o presidente Preziosi tinha um plano ambicioso para o clube.
Abraços,

 
At 2:25 PM, Blogger Lady Veronese said...

Fiquei feliz com o retorno dele. Me surpreendeu seu desempenho no Genoa, e pra melhor.

Só espero que não faça gols na Samp! E faça muitos na Inter...

 
At 11:06 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

Cyntia,
Não sei não, heim? Para um jogador do Genoa é mais gostoso fazer gol na Samp...
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker