Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

terça-feira, janeiro 30, 2007

Momento Panini - Filippo Inzaghi


A camisa 9 do Milan tem dono! Seriam estas as palavras que Filippo 'Pippo' Inzaghi gostaria que o mundo inteiro tivesse escutado quando anotou o gol da vitória do Milan no último domingo sobre o Parma e saiu comemorando apontando para o número 9 nas costas?
O certo é que com a chegada de Ronaldo (confirmada) ao Milan, a disputa por uma posição no ataque rossonero vai ficar ainda mais aguerrida e a concorrência pelo mágico nº 9 nas costas mais tenaz.
Ocorre que, se não é um jogador tecnicamente exemplar, é impossível afirmar que falta garra e determinação a este atacante de 33 anos (nascido em 9 de agosto de 1973 na cidade de Piacenza) e que é um dos maiores artilheiros em atividade em toda a Europa!
Formado na equipe de sua cidade natal, o Piacenza, Superpippo peregrinou pelas Series B e C até fazer sua estréia na Serie A na temporada 1995/1996, com o Parma (que tinha ainda Stoichkov, Zola, Asprilla e Melli para o ataque), quando fez 15 partidas e 2 gols.
Para a temporada seguinte a família Tanzi trouxe mais o argentino Hernan Crespo, o croata Mario Stanic e o italiano Enrico Chiesa para o ataque de uma equipe que já era estrelar, optando por ceder o jovem Inzaghi, então integrante da seleção U21 italiana, à Atalanta.
Ruim para o Parma, ótimo para Inzaghi, que jogando na equipe de Bergamo (figurinha acima) fez 24 gols em 33 partidas e foi o artilheiro do campeonato italiano.
O feito foi realmente incrível, principalmente se considerado que a Atalanta é uma equipe mediana que terminou a temporada 1996/1997 apenas na 10ª colocação e fez, ao todo, apenas 44 gols.
Daí Inzaghi foi para a toda poderosa Juventus na stagione seguinte, onde permaneceu por 4 temporadas fazendo dupla com Del Piero e realizando 57 gols na Serie A, além de conquistar 1 Scudetto.
Em 2001 Inzagol passou ao Milan, onde foi formar o ataque com o ucraniano Shevchenko, tendo feito 26 gols apenas nas duas primeiras temporadas.
Problemas físicos fizeram com que o atacante extremamente rápido e conhecido por sua extraordinária eficácia aproveitando a falta de atenção das zagas adversárias passasse por 2 temporadas muito ruins, entre os anos de 2003 e 2005, voltando a superar a marca dos 10 gols por temporada apenas na última temporada (figurinha ao lado), quando fez 12 em 23 partidas.
Na seleção italiana principal, Inzaghi fez sua estréia exatamente contra o Brasil, em partida válida pelo Torneio da França, disputada em 1997 e terminada em 3 x 3.
Ao todo, foram 53 jogos e 23 tentos, o que o deixa dentre os 10 maiores artilheiros da Azzurra de todos os tempos, números estes coroados com o título mundial de 2006.
Filippo Inzaghi é ainda o maior marcador italiano de sempre nas copas européias, com 56 gols marcados, sendo 39 só na Champions League, torneio que conquistou em 2003 e que lutará para ganhar novamente nesta temporada.

Na Última Vez ...

12 Comments:

At 11:32 PM, Blogger Lady Veronese said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 11:47 PM, Blogger Lady Veronese said...

Grande Pippo...
Sou fã dele de carteirinha, mesmo tendo ido para o Milan...
Péssimo negócio se o clube negociá-lo na próxima temporada. Depois dos males físicos de que padeceu, é inegável que Pippo é matador e tem uma garra impressionante. Deu a volta por cima e para a idade que tem, deixa muito atacante no chinelinho!!
Vi lances do jogo domingo e ri muito ao vê-lo apontando para a camisa 9. Uma indireta para seu "Mister"
No final das contas, o Ancellotti teve e ainda tem que aturá-lo no Milan, porque na Juve, eles viviam as turras.
Saluti

 
At 12:00 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

Prezada Cyntia,
Mais uma vez, muitíssimo obrigado pela participação!
Também gosto muito do Inzaghi e gostaria muito de vê-lo na 'minha' Lazio, vez que o irmão dele não vingou como prometia...
Abraços,

 
At 2:10 AM, Anonymous Paulo Frias said...

O Inzagui é um dos melhores atacantes italianos dos ultimos tempos. E pra mim a melhor dupla de ataque do Milan era ele e o Sheva, um completa o estilo do outro.

 
At 10:42 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

Prezado Paulo Frias,
Muito obrigado pela participação! Realmente, a dupla Sheva-Pippo era infernal! Porém, particularmente, eu gostava mais da dupla Alex-Pippo da Juve.
Abraços,

 
At 4:03 PM, Anonymous Michel Costa said...

Prezado,

Finalmente atualizei meu blog!!

Nesta semana destaco o futebol brasileiro em seu início de temporada.
Nilmar, Leão e Alexandre Pato são apenas alguns dos nomes tratados nesse post verde-amarelo.
E mais, novos Questions e as respostas dos anteriores.

Acesse: http://fbwe.zip.net e veja mais!

Um abraço.

PS: Sobre o Inzaghi, sabe qual o apelido do Inzaghi aqui na turma da FBWE? CARA MAGRA!
Apesar disso o consideramos um matador nato...

 
At 4:08 PM, Anonymous Michel Costa said...

E Lady Veronese, Paulo Frias...

Gostaria de convidar vcs. para uma visita ao meu blog. Quem curte bom futebol é sempre bem-vindo.

 
At 6:20 PM, Anonymous Daniel Schneider said...

Briga boa mesmo entre o Inzaghi e o Ronaldo pela vaga no ataque do Milan. Mas sou mais o Fenômeno. Acho que o brasileiro, mais uma vez, superará os problemas e dará muitas alegrias à torcida do Milan, afinal, trata-se de um fora de série. Está, fácil, entre os 10 melhores que eu vi jogar...

Põe outro enigma aí, Rodolfo. Mas pega leve... Corini e Di Michele foi flórida...

 
At 7:18 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Michel,
Visito seu blog regularmente e está muito legal. Só acho que você podia tratar melhor o meu Fluminense...
Abraços,

 
At 7:22 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Schneider,
Estava sentindo falta dos seus comentários! Também torço muito pelo Ronaldo e o considero muito superior ao Inzaghi, vez que enquanto o brasileiro é um verdadeiro craque, o italiano é 'apenas' um atacante matador.
Abraços,

 
At 3:27 PM, Anonymous Michel said...

Sobre o Fluminense, acho muito difícil uma equipe se montar praticamente a partir do zero e conquistar algo em seu primeiro ano junto. Por isso, penso que os tricolores só terão alguma coisa para comemorar em 2008. Isto é, se o Branco não trocar o time inteiro de novo.
abs.

 
At 8:24 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

Michel,
Não quero falar sobre o Fluminense (rs)!
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker