Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, abril 05, 2009

O Jogo Da TV (Parte I) - Juventus x Chievo



Ao final de uma partida espetacular, repleta de alternâncias, a Juventus viu esmorecer seu ainda vivo sogno scudetto ao ficar apenas no empate contra um (super) Chievo jogando em Turim.
Quando entrou em campo, disposta no 4-4-2 com Iaquinta e Del Piero (ao lado marcado pelo brasileiro Luciano - Getty Images) no ataque, vindo de 5 vitórias consecutivas e efrentando uma equipe que passou grande parte do campeonato na última colocação, tudo que a Juventus não imaginava era não sair com os pontos em disputa, ainda mais porque, um pouco mais tarde, a Inter tinha um difícil compromisso em Udine e a rodada indicava uma boa possibilidade de terminar com a vantagem interista na ponta da tabela reduzida.
Mas, o que todos bianconeri não contavam era com a estrondosa atuação do clivense Pellissier (à esquerda - Reuters), autor de uma incrível tripletta que, certamente, restará para sempre nas memórias do habilidoso meia-atacante de Aosta, ainda mais porque cresciuto nel Toro!
Com Tiago ao lado de Marchisio e Giovinco preferido a Nedved, a Juventus começou a partida em ritmo lento e, para piorar, logo perdeu Salihamidzic, substituído por Camoranesi.
E, aí, começou a diáspora quando Pellissier foi lançado em velocidade e, aproveitando de uma indecisão de Chiellini, entrou na área, passou por Buffon (alla 300ª presenza in bianconero) e completou para o fundo das redes aos 25'.
Partida incendiada, com Camoranesi muito ativo pela direita bianconera e proporcionando ao zagueiro della Nazionale o riscatto aos 34', quando, com grande presença de espírito, acabou servindo com um toque alto de calcanhar para Chiellini fuzilar o arqueiro Sorrentino aos 34', empatando a partida (todos os gols e principais momentos disponíveis nos highlights ao final do post).
A partir daí a manovra juventina passou a funcionar melhor e parecia que o jogo iria rumar para seu desfecho mais previsível, mas Pellissier, lançado desta vez por Luciano, ganhou de Mellberg na progressão e, com um chute cruzado, venceu Buffon para fazer 2 x 1 aos 44', deixando o intervalo no Olimpico gelado.
Veio o 2º tempo e com ele Zebina no posto de Grygera e Trezeguet no de Del Piero, mas, principalmente, uma Juventus mais determinada, disposta a fazer valer sua maior categoria.
Assim, sem dar muito campo ao Chievo, a Juventus partiu para o ataque e, aos 8', em cruzamento da esquerda de Molinaro que Camoranesi, no 2º pau, interceptou de cabeça para colocar na área, o colombiano Yepes (acima contra Iaquinta - Getty Images) acabou desviando contra o próprio patrimônio, deixando tudo igual no placar.
Agora vai! Juve no ataque e Iaquinta, de cabeça, quase marcou aos 10', no que foi seguido por Trezeguet, cuja bola passou raspando a trave.
E as chances continuaram se sucedendo até que, aos 34', mais uma vez Camoranesi (que participou de todos os gols da Juve) foi até a entrada da área e cruzou para Iaquinta, desta vez de maneira inapelável, colocar longe do alcance de um ótimo Sorrentino para, pela primeira vez, deixar a Juventus na frente no placar!
Ufa, partita finita... que nada, aos 46', o veloz Langella, nuovo entrato, aproveitou uma incerteza de Mellberg e disparou pela extremidade esquerda, vencendo com facilidade Zebina para centrar na área, onde apareceu um oportunista Pellissier, que conferiu sozinho (Molinaro ficou marcando Esposito no centro da área) de cabeça para completar sua tripletta pessoal e afundar os cugini bianconeri.
O tabellino do sensacional pareggio (acima o saluto do treinador Di Carlo):
Juventus: Buffon; Grygera (46' Zebina), Mellberg, Chiellini, Molinaro; Salihamidzic (24' Camoranesi), Marchisio, Tiago, Giovinco; Iaquinta, Del Piero (46' Trezeguet). All. Ranieri.
Chievo: Sorrentino; Sardo (70' Mandelli), Morero, Yepes, Mantovani; Luciano, Rigoni, Marcolini (83' Langella), Pinzi; Pellissier (que, incrivelmente, só tocou na bola 10 vezes durante toda a partida!), Bogdani (65' Esposito). All. Di Carlo.
Gols: 25' Pellissier, 34' Chiellini, 44' Pellissier, 53' Yepes (contra), 79' Iaquinta, 91' Pellissier.
Árbitro: Mazzoleni.
Cartão amarelo: Sardo.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker