Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, março 01, 2009

O Jogo Da TV (Parte IV) - Internazionale x Roma



O 'Match Clou' desta 26ª rodada, entre Inter e Roma, foi um clássico a altura de suas melhores tradições, terminando com o pazzesco placar de 3 x 3.
Embora jogando em seu estádio e tendo 16 pontos de vantagem sobre sua adversária e principal rival nas últimas temporadas, foi a Inter que correu sério risco de sair derrotada de campo, mas, graças aos 3 gols realizados no 2º tempo, alcançou o empate que, muito mais do que 1 ponto, vem somar moral em sua caminhada rumo ao inédito tetracampeonato.
Mesmo sem Totti (problema no joelho) e Ibrahimovic (piccolo problema muscolare), a peleja começou de forma entusiasmante, com Júlio Baptista exigindo defesa de seu connazionale Júlio César logo aos 2', em cobrança de falta que o arqueiro brasileiro jogou para escanteio.
A Roma, distribuída em um 4-2-3-1 forçado (por causa de 7 desfalques) de Spalletti com Vucinic alle spalle de La Bestia, continuou mais incisiva e aos 6', aproveitando uma bola mal afastada em jogada do montenegrino, Brighi disparou um tiro de posição central que acabou passando ao lado do gol defendido por Júlio César.
A Inter, então, até que tentou responder de forma mais concreta, mas a conclusão de Maxwell, aos 13', teve o mesmo fim que a do centrocampista romanista.
Partida bastante movimentada, com a Inter de Mourinho encontrando dificuldades para interpretar o esquema proposto por Spalletti, teve seu primeiro gol aos 23', quando Motta fez grande jogada pela esquerda, se livrou de Santon com um belo corte e cruzou para a cabeçada certeira de De Rossi, que subiu entre Burdisso e Zanetti para testar de forma inalcançável para Júlio Cesarone.
O gol deixou a Inter ainda mais atordoada e, aos 30', o norueguês Riise acreditou em uma bola meio despretensiosa e, vencendo Maicon na corrida, colocou entre Júlio César e a trave em uma saída não perfeita do arqueiro brasileiro para fazer 2 x 0 (na foto mais acima o momento da conclusão do antigo lateral do Liverpool - Grazia Neri)!
Antes do final do 1º tempo desastroso para os nerazzurri, Vucinic quase ampliou aos 33', mas o argentino Burdisso chegou a tempo de evitar a conclusão do giallorosso.
Com Figo e Vieira nos lugares de Burdisso e Maxwell, a 2ª etapa mal havia começado e Balotelli resolveu deixar a partida mais interessante, colocando no canto de Doni (acima seu tiro - Garofalo) após receber passe de um generoso Adriano.
Mas ainda não era o momento dos tifosi nerazzurri comemorarem, pois logo em seguida a Roma contra-atacou e Brighi, aproveitando um corta-luz involuntário de Júlio Baptista, desta vez desferiu um tiro inapelável no canto de Júlio César - Lupa 3 x 1!
Partita finità? Que nada, o árbitro Rizzoli foi generoso e anotou pênalti de De Rossi em Balotelli, que o próprio atacante palermitano converteu aos 18', saindo para comemorar com o gesto de tutti zitti para a torcida giallorossa, o que rendeu acalorados protestos de Panucci, de volta à zaga romanista depois de algumas rodadas.
Mas o embate poderia ter sido arquivado se Vucinic (ao lado contra Maxwell e Cambiasso - La Presse) não tivesse desperdiçado uma enfiada perfeita de Pizarro, praticamente recuando de cabeça para Júlio César aos 21'.
Aí, Mourinho lançou sua última cartada colocando Crespo no lugar de Stankovic (troca de ex laziali) aos 32', com Valdanito, logo em sua 1ª jogada, aproveitando cruzamento de Figo para realizar, como em seus tempi d'oro, o gol do 3 x 3 (na foto abaixo a cabeçada certeira do argentino - Garofalo)!
Motivadíssima, a Inter passou a acreditar na possibilidade de chegar a vitória, mas foi a surpreendida Roma que teve chance, mais uma vez, de vencer, com Riise e, sopratutto, De Rossi, desperdiçando boas oportunidades.
O 3 x 3 estava de bom tamanho...
Tabellino (com direito a highlights):
Inter: Júlio César; Maicon, Burdisso (46' Figo), Cordoba, Santon; Zanetti, Cambiasso, Maxwell (46' Vieira), Stankovic (77' Crespo); Balotelli, Adriano. All. Mourinho.
Roma: Doni; Motta, Mexes, Panucci, Riise; De Rossi, Pizarro, Taddei, Brighi, Vucinic (75' Menez); Júlio Baptista. All. Spalletti.
Gols: 23' De Rossi, 30' Riise, 50' Balotelli, 56' Brighi, 63' Balotelli (pênalti), 79' Crespo.
Árbitro: Rizzoli.
Cartões amarelos: Zanetti, Pizarro, De Rossi, Stankovic, Riise e Vieira.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker