Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, março 01, 2009

O Jogo Da TV (Parte III) - Sampdoria x Milan



No duelo entre duas equipes que foram alijadas da Coppa Uefa no meio da semana, melhor para aquela que tinha menor pretensão na competição européia e, portanto, pareceu ter absorvido melhor a eliminação.
Também, foi um arremedo rossonero, sem Kaladze, Nesta, Ambrosini, Gattuso, Kaká, Ronaldinho e Borriello, com a defesa composta por Antonini, Bonera, Senderos e Zambrotta e tendo apenas o jovem Pato isolado na frente.
Aliás, o Milan até que não teve uma atuação desastrosa, chegando mesmo a terminar a partida com impressionantes 67,2% de posse de bola e tendo realizado mais do que o dobro de jogadas da Sampdoria (498 contra 243), mas, em especial no 1º tempo, o jogo rossonero não fluiu (apesar do time de Milanello já ter controlado por mais tempo a bola), com Pato sentindo muito a falta de um partner e totalmente anulado pela dupla Lucchini-Accardi.
Aí, a Sampdoria, bem distribuída com 5 homens no meio de campo, aproveitou e, explorando muito bem as laterais do campo per poi concentrare il gioco su Pazzini e Cassano, abriu o marcador aos 33' com seu principal astro (ao lado contra Flamini e Accardi - Daylife), que aproveitou uma sponda de Raggi em uma cobrança de escanteio e grande desatenção da defesa milanista para fazer 1 x 0.
O time comandado por Ancelotti até que não se abateu com o gol sofrido, mas continuou cometendo os mesmos equívocos, indo para o intervalo em desvantagem no marcador.
Para o 2º tempo, com Inzaghi (ao lado contra Lucchini - Ap) no posto de Antonini e Zambrotta trocando a lateral esquerda pela direita, com Jankulovski retornando à sua posição original, o Milan passou para o 4-3-1-2 disposto a pressionar a equipe blucerchiata.
Porém, os Galliani's Boys não esperavam era que Peter Pan Cassano aprontasse mais uma e, com uma enfiada genial, colocasse Pazzini em condições de finalizar, com o renascido atacante ex viola dando um estupendo corte em Bonera antes de fuzilar Abbiati (abaixo a conclusão vincente - Reuters) para realizar seu 5º gol nas últimas 5 rodadas da Serie A logo aos 6'.
O Milan foi imediatamente k.o. e até o futebol sempre regular de Beckham definhou, com o inglês sendo substituído por Emerson na metade da 2ª etapa.
Mas, quando os rossoneri pareciam totalmente entregues, eis que Favalli avançou pela extremidade esquerda e cruzou para Pato, esquecido pela zaga blucerchiata, cabecear no canto do gol defendido por Castellazzi.
Ai o jogo repentinamente esquentou e o Milan, orgulhosamente partindo para cima, quase alcançou seu objetivo transcorridos apenas 2' do dodicesimo gol de Pato, quando Emerson completou para o fundo das redes cobrança de falta de Pirlo, gol que acabou invalidado pelo árbitro Rocchi por indicação de impedimento milimétrico.
Aproveitando do nítido cansaço da Samp, o Milan buscou o empate até o fim dos 6' de acréscimos, mas o pareggio seria injusto diante da atuação blucerchiata, que conquistou 3 pontos importantíssimos em sua campanha até aqui deficitária.
O tabellino:
Sampdoria: Castellazzi; Raggi (71' Gastaldello), Lucchini, Accardi; Stankevicius (84' Padalino), Sammarco, Palombo, Franceschini, Pieri; Pazzini, Cassano (87' Marilungo). All. Mazzarri.
Milan: Abbiati; Antonini (46' Inzaghi), Bonera, Senderos, Zambrotta; Beckham (68' Emerson), Flamini, Pirlo, Jankulovski (55' Favalli), Seedorf; Pato. All. Ancelotti.
Gols: 33' Cassano, 51' Pazzini, 80' Pato.
Árbitro: Rocchi.
Cartões amarelos: Franceschini, Abbiati, Palombo, Pirlo, Senderos, Favalli, Raggi, Flamini e Padalino.
Abaixo, síntese da partida:

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker