Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, março 07, 2009

O Jogo Da TV (Parte I) - Roma x Udinese



Depois da belíssima atuação contra a Internazionale (vide 'Na Última Vez ...'), a Lupa Capitolina voltou a empatar, mas desta vez contra uma buona Udinese no Olimpico, em resultado que não foi bom para nenhuma das equipes.
Mas, considerando os vários desfalques giallorossi e o andamento da partida, com a expulsão de De Rossi e um evidente pênalti não marcado em jogada de Mexes, até que o ponto conquistado não foi de todo ruim para a Roma...
Disposta no 4-2-3-1 com Taddei, Brighi e Menez (à direita contra Zapata - Ap) no suporte de Júlio Baptista, postado como unica punta, a Roma não começou bem em um jogo que, a bem da verdade, demorou a engrenar, apesar da interessante Udinese postada no 4-3-3 com Pepe, Floro Flores e Di Natale suportados por D'Agostino, Inler e Asamoah.
Em uma 1ª etapa sem grandes emoções, o lance mais controvertido aconteceu aos 45', quando Mexes (já advertido com o cartão amarelo) interceptou um lançamento de Di Natale e, ao correr para afastar a bola da área romanista, usou claramente o braço para antecipar a chegada do suíço Inler, em un colpo di mano clamorosamente ignorado pelo árbitro Tagliavento (esse e os outros lances de destaque podem ser visualizados no vídeo ao final do post).
No 2º tempo, a Roma, sem a presença de seu treinador (e ex di turno) no banco de reservas (Spalletti, que completou 50 anos, cumpriu suspensão logo no dia do seu aniversário!), voltou com mais ímpeto (até porque Montella substituiu o chileno Pizarro pouco antes do intervalo), mas acabou sofrendo um gol quando Di Natale encontrou o brasileiro Felipe sozinho, dentro da pequena área, em jogada um tanto confusa que se originou do lado oposto (abaixo, a comemoração friulana em torno do zagueiro de Guaratinguetá - Ansa).
A Udinese jogava melhor, com De Rossi e Brighi non attivissime, mas a entrada de Vucinic aos 13', no lugar de um pouco produtivo Menez, mudou o rumo da partida, com o montenegrino construindo sozinho o gol de empate aos 16' (mais abaixo - Ansa - a conclusão vincente do atacante).
Aí, com o tento marcado logo em seu pior momento, a Roma deu a entender que poderia virar a partida, mas De Rossi atrapalhou os planos do time capitolino ao tolamente provocar sua expulsão em seguida, mais precisamente aos 22', reclamando de forma totalmente despropositada de uma falta clara cometida por Brighi em Inler.
Da partida sonolenta do 1º tempo nem mais traço, pois o cotejo terminou de forma entusiasmante, com ambas as equipes criando (e desperdiçando) ótimas oportunidades, seja com o colombiano Zapata, com o italiano Montella ou novamente com os marcadores Felipe e Vucinic.
O tabellino:
Roma: Doni; Motta (entrevistado no vídeo abaixo), Mexes, Panucci, Riise; De Rossi, Pizarro (43' Montella), Taddei, Brighi, Menez (58' Vucinic); Júlio Baptista (73' Cicinho). All. Spalletti (Domenichini in panchina).
Udinese: Handanovic; Zapata, Coda, Felipe, Pasquale; Inler, D'Agostino, Asamoah; Pepe, Floro Flores (85' Quagliarella), Di Natale (70' Sanchez). All. Marino.
Gols: 54' Felipe, 61' Vucinic.
Árbitro: Tagliavento.
Cartões amarelos: Di Natale, Mexes, Panucci, Pepe, Vucinic, D'Agostino e Sanchez.
Cartão vermelho: De Rossi.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker