Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, agosto 12, 2007

Quem Vem Lá (Parte II) - Alexandre Pato


Talvez não fosse o nome ansiosamente aguardado pelos torcedores e nem o jogador mais indicado para reforçar, no momento, o elenco do Milan, mas o clube de Silvio Berlusconi, ao acertar com o brasileiro Alexandre Pato, com certeza, contratou um talento diferenciado.
Tratado como craque desde antes de sua estréia como profissional no Internacional de Porto Alegre em novembro do ano passado, Alexandre Rodrigues da Silva, Pato por causa de sua cidade de origem (Pato Branco, no Estado do Paraná), vem confirmando todas as expectativas, tanto que, logo em sua 1ª partida, marcou logo 1 gol em seu 1º minuto em campo e ainda deu assistências para mais 2 tentos na goleada do Colorado sobre o Palmeiras, em pleno Parque Antarctica, por 4 x 1.
No seu jogo seguinte, válido pelo Campeonato Mundial de Clubes da F.I.F.A. no Japão, Pato novamente anotou gol (na foto acima em ação - Efe), contribuíndo para a vitória do Internacional por 2 x 1 sobre o Al-Ahly.
Lógico que a seqüência de gols foi interrompida, mas não as boas atuações do jovem de 17 anos, que acabou cobiçado pelos principais clubes do planeta, dentre eles o Milan, que assegurou as prestações do atacante por algo em torno de US$ 20 milhões!
Porém, como Alexandre Pato só poderá atuar pelo Milan, na Serie A, em janeiro de 2008, resta a dúvida se o brasileiro era o reforço mais indicado para o momento?

Marcadores: , , ,

Na Última Vez ...

4 Comments:

At 11:01 AM, Anonymous Michel Costa said...

Rodolfo, o Pato já era tratado como um fenômeno desde as categorias de base. Diziam que ele parecia ter nascido pronto! Acho que ele não é o jogador que o Milan precisava para este momento, mas talvez tenha sido a melhor contratação do clube depois de Kaká. Outra coisa, não comparo sua chegada com a vinda de Redondo. Naquela época, Ancelotti queria alguém capaz de fazer o que o Pirlo faz hoje, ou seja, armar o jogo por trás. Só que as lesões acabaram prejudicando o argentino que já chegou quase no fim de sua vitoriosa carreira. Uma pena...

 
At 9:07 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Michel,
Deixa eu tentar pontuar: me lembro que quando da contratação do Redondo, em 2000, o Milan tinha vários outros jogadores como objetivo, que atuavam em outras posições, mas acabou contratando o Redondo simplesmente pela obrigação de contratar um 'dos 5 melhores do mundo'. Não que o argentino não fosse um craque, mas o Milan já contava com os vários Albertini, Ambrosini, Gattuso e Giunti para a mesma área do campo. Agora, Pato também é excepcional tecnicamente, mas não me parece o jogador que a equipe precisava, mas, como não conseguiu trazer Drogba, Eto'o, Ronaldinho ou Shevchenko, acabou contratando-o.
Abraços,

 
At 9:54 AM, Anonymous gílson said...

Entendo teu ponto de vista, Rodolfo. E acho que o Milan não precisa de um jogador desse naipe (Ronaldinho, Sheva, Eto'o etc.) para o ataque. Caso o calciomercato rossonero dependesse apenas da minha vontade, contrataria três ou quatro jogadores apenas, e para a zaga e meio-campo. Por outro lado, são poucas as oportunidades de você contratar um jogador com o potencial do Pato. No domingo agora falava com meu avô, que viu o Careca, ex-Napoli, no início da carreira. E ele disse que o Pato mostrou muito mais do que ele com a mesma idade. Segundo meu avô, o Careca não finalizava de fora da grande área e não sabia cabecear até uns 21 anos. É óbvio que isso não significa que o Pato necessariamente vá ser melhor do que o ex-companheiro de Dieguito, mas oferece uma dimensão do potencial que o jovem rossonero possui e até onde poderá chegar se tudo correr bem.

 
At 11:01 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Gílson,
Também acho que o Alexandre Pato é um jogador com um potencial extraordinário, mas continuo acreditando que o Milan precisava de um atacante com mais bagagem, afinal, a Serie A será mais dura este ano e o time de Milão não entra mais como franco-atirador na UCL, além de que as seleções nacionais terão vários compromissos e um ataque com apenas Gilardino, Inzaghi e Ronaldo, já que Ricardo Oliveira e Borriello saíram, me parece insuficiente.
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker