Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, fevereiro 15, 2009

O Jogo Da TV (Parte III) - Genoa x Fiorentina



Com uma atuação estupenda do romeno Mutu, a Fiorentina protagonizou uma rimonta sensacional e manteve o 4º posto na classificação ao empatar, in extremis, em 3 x 3 com o Genoa neste domingo no Marassi.
Postado no habitual 3-4-3 de Gasperini, foi o Grifone que começou melhor, controlando sem maiores dificuldades o tridente viola formado por Jovetic, Gilardino e Mutu, forte no centrocampo mais robusto com Juric e Thiago Motta centrais e Rossi e Criscito como esterni.
E, aos 12', em eccellente triangolazione tra Thiago Motta e Milito, o brasileiro (ao lado contra Donadel - Grazia Neri) teve tranquilidade para tocar para o fundo das redes antecipando Dainelli.
Sem o nazionale verdeoro Felipe Melo, suspenso, o meio de campo da Fiorentina continuou inferiorizado diante de um aplicado Genoa, que prosseguiu mantendo a primazia na posse de bola e alternando jogadas pelas alas com incursioni centrali, onde o excelente brasiliano ex Barcelona aparecia com grande destaque.
Mas, aos 30', o zagueiro rossoblù Biava foi imprudente e recebeu o 2º cartão amarelo ao fazer uma falta em Jovetic, deixando o time genoano com apenas 10 homens em campo.
A conseqüência foi imediata, com o ala Rossi recuando para compor a defesa rossoblù e a Fiorentina, aproveitando da superioridade numérica, passando a controlar muito mais as iniciativas.
Porém, foi o Genoa que voltou a marcar, com Palladino anotando seu 2º gol na stagione em grande jogada individual de Mesto, alla 200ª partita in campionati pro, que avançou por cerca de 50 metros e passou por 3 adversários antes de centrar na área.
A equipe treinada por Prandelli tentou responder imediatamente e Gilardino ainda teve uma boa chance, mas acabou indo para o intervalo perdendo mesmo por 2 x 0.
De volta a campo, o Genoa retornou com Milanetto (ao lado contra Montolivo - Tanopress) no posto de Palladino, com o intuito de recuperar o controle da área nevrálgica, enquanto a Fiorentina não demorou muito para trocar Kuzmanovic por Semioli, adiantando o baricentro.
E o bom arqueiro Frey continuou como mero espectador até que, aos 11', Gamberini derrubou o lateral Criscito dentro da área - cobrança de Milito dos 11 metros e Genoa 3 x 0!
Partita finità? Pelo desenrolar aparentava que sim, mas logo em seqüência o brasileiro Rubinho saiu mal do gol e Bocchetti acabou cometendo pênalti em Gilardino - convertido com categoria por Mutu (abaixo - Ansa).
Aí, a partida se transformou em um verdadeiro treino de ataque contra defesa, com o Genoa totalmente incapaz de gestir a vantagem registrada no placar.
A Fiorentina, que terminou o cotejo com 57,5% de posse de bola (depois de um 1º tempo em que o Genoa foi padrone durante boa parte) e 58,88% de vantaggio territoriale, passou, então, a exercer uma blitz quase permanente.
O futebol do montenegrino Jovetic começou a ganhar destaque e, em cruzamento de Montolivo, Mutu quase marcou mais uma vez aos 24', com a bola passando perto da trave direita de Rubinho.
Gasperini percebeu que o seu barco continuava a fazer água e lançou o grego Papastathopoulos no lugar de Mesto, reforçando o setor defensivo e deixando Milito praticamente só na frente, com o avante argentino sendo até mesmo obrigado a buscar a bola no meio de campo em algumas ocasiões.
Mas a Fiorentina parecia ter mais do que um homem de vantagem e Prandelli ousou trocando o lateral Comotto pelo aríete Bonazzoli, passando a equipe a um 3-4-3 de grande potencial ofensivo, com Semioli e Jovetic encostando nos atacantes naturais Bonazzoli, Gilardino e Mutu.
O assédio surtiu efeito, com Mutu marcando seu 2º tento na partida aos 35' da etapa complementar, em cobrança de falta que contou com o desvio em Thiago Motta para vencer seu compatriota Rubinho.
Ainda não havia acabado: a Fiorentina continuou tutta in area ligure e o clima que já era de tensão (a partida foi bastante viril) ficou explosivo quando, aos 36', Milanetto cometeu pênalti em Jovetic, mas o árbitro Rizzoli não marcou a infração e não advertiu o viola, que já tinha recebido cartão amarelo, por simulação.
E, nos acréscimos, quando o Genoa finalmente conseguiu segurar por alguns instantes a bola no campo adversário, eis que Mutu aproveitou uma bola sem dono em uma mischia na área genoana e, com muita classe, colocou longe do alcance do portiere Rubinho para empatar a partida e completar sua tripletta personale.
Não deu tempo para mais nada, de nada adiantando os protestos de Ferrari.
O tabellino da beffa più clamorosa:
Genoa: Rubinho; Biava, Ferrari, Bocchetti; Rossi (77' Vanden Borre), Thiago Motta, Juric, Criscito; Mesto (69' Papastathopoulos), Milito, Palladino (46' Milanetto). All. Gasperini.
Fiorentina: Frey; Comotto (77' Bonazzoli), Gamberini, Dainelli, Vargas; Kuzmanovic (53' Semioli), Donadel, Montolivo; Jovetic, Mutu, Gilardino. All. Prandelli.
Gols: 12' Thiago Motta, 38' Palladino, 56' Milito (pênalti), 60' Mutu (pênalti), 80' Mutu, 94' Mutu.
Árbitro: Rizzoli.
Cartões amarelos: Biava, Jovetic, Juric, Bonazzoli, Thiago Motta e Donadel.
Cartão vermelho: Biava.
A seguir, os highlights da sensacional peleja, acompanhados de entrevista com o one man show Mutu, que declarou: "Sono state tre reti importanti contro un'avversaria per la corsa Champions. Eravamo k.o. eppure siamo stati bravi a crederci, abbiamo dimostrato cuore e carattere. Sul 3-0 sembrava un pazzia pensare al pareggio, loro giocavano benissimo. Noi abbiamo tirato fuori qualcosa dopo che il Genoa era stato più bravo di noi e aveva giocato un primo tempo strepitoso".

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker