Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, janeiro 10, 2009

O Jogo Da TV (Parte I) - Genoa x Torino



No duelo entre dois dos mais tradicionais e vitoriosos clubes italianos, o resultado final refletiu a disparidade existente entre eles atualmente.
Enquanto o Genoa navega tranquilamente em plena zona U.E.F.A., quase beliscando uma das posições que dão direito à Champions League, o Torino viaja lá embaixo, torcendo apenas para permanecer na Serie A.
Assim, o 3 x 0, construído todos com gols de cabeça, apenas enalteceu a melhor condição técnica do time rossoblù.
Na inauguração do novo gramado do Marassi, o Genoa allenato da Gasperini se apresentou distribuído no tradicional 3-4-3 apesar dos desfalques dos atacantes Milito e Palladino, que obrigou aos avanços de Olivera (acima contra o granata Barone - Grazia Neri) e Jankovic, naturalmente mais afetos ao meio de campo, que formaram o tridente ofensivo ao lado do rápido Sculli.
Já o Toro começou com Bianchi prima punta suportado por Amoruso e com Rosina e Abate alti sulle fasce - uma opção corajosa de Novellino!
E, efetivamente, embora o Genoa tenha começado com maior posse de bola, a primeira grande chance de gol teve o timbre gratana, com Rubinho protagonizando grande defesa em tiro de Dzemaili, que Bianchi depois cabeceou para fora quando Rosina, aproveitando o rebote, cruzou na segunda trave.
Aí, o Genoa não titubeou mais: depois de grande jogada de Jankovic colocada para escanteio, Biava subiu mais que Ogbonna (ao lado - La Presse) e imperiosamente fez 1 x 0 - aos 18'!
Com Rosinaldo apagado o Torino não conseguia reagir e a partida acabou entrando em uma fase de alguns exageros agonísticos, com Dzemaili, Pisano, Thiago Motta, Di Loreto e Bocchetti indo para os vestiários ammoniti.
Mal a bola rolou para a 2ª etapa e o Genoa ampliou, com Jankovic, totalmente desmarcado, se antecipando a Sereni para conferir cruzamento de Sculli aos 3'.
Partita finita - salvo um breve período no qual o famoso Cuore Toro pulsou e o time granata esboçou uma reação, só deu Genoa, que chegou merecidamente ao 3 x 0 com o brasileiro Thiago Motta (abaixo, à direita, contra Bianchi - Liverani), que fez mais um gol de cabeça em cobrança de corner.
O único senão foi a contusão sofrida pelo brasileiro no lance do gol, já que o zagueiro Di Loreto, involuntariamente, acabou cabeceando o queixo do meia, que teve que ser substituído por Milanetto.
Daí em diante, com o Torino nocauteado, o Genoa ainda teve várias chances de ampliar o marcador, especialmente com Sculli que, pela sua atuação, merecia o gol particular (no vídeo abaixo, além do tradicional highlights, entrevista com o próprio atacante rossoblù).
O tabellino:
Genoa: Rubinho; Biava, Ferrari, Bocchetti; Mesto, Thiago Motta (87' Milanetto), Juric, Criscito; Sculli, Olivera (60' Vanden Borre), Jankovic (81' Rossi). All. Gasperini.
Torino: Sereni; Di Loreto, Natali, Pisano, Ogbonna (62' Colombo); Abate, Dzemaili, Barone, Rosina; Bianchi (69' Stellone), Amoruso (46' Diana). All. Novellino.
Gols: 18' Biava, 48' Jankovic, 85' Thiago Motta.
Árbitro: Damato.
Cartões amarelos: Dzemaili, Pisano, Thiago Motta, Di Loreto e Bocchetti.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker