Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, janeiro 20, 2008

O Jogo Da TV (Parte II) - Udinese x Milan



Não foi tão convincente como contra o Napoli, mas o Milan saiu de Udine com importantíssimos 3 pontos e pela 1ª conquistou duas vitórias consecutivas no campeonato.
É a hora da virada? Ainda é muito cedo para qualquer conclusão, até porque o sucesso contra a Udinese veio já a tempo scaduto e foi proporcionado por uma grande besteira do bianconero Obodo.
O certo é que foi um jogo bastante movimentado e muito interessante, tendo de um lado o badalado trio brasiliano Ka-Pa-Ro e de outro os ágeis italianos do Qua-Pe-Dina - denominação criada pelo jornalista Carlo Brienza, conduttore do programa La Grande Giostra dei Gol da RAI Internacional, para a trinca Quagliarella, Pepe e Di Natale, escalada pelo técnico Marino para compor o ataque friulano.
Com as atenções voltadas principalmente para o jovem astro Alexandre Pato (à direita implacavelmente marcado pelo sérvio Lukovic - Ap), quem robou a cena, especialmente na 1ª etapa, foi o também rossonero Ronaldo (de penteado novo - mais abaixo - Corriere dello Sport), que acertou uma bela cabeçada aos 17' e um chute de 30 metros na trave aos 26'.
Porém, embora o Milan tenha tido amplo domínio territorial (terminou o jogo com 68,8% de posse de bola), a partida restou bastante equilibrada (tanto que em conclusões a Udinese foi melhor - 13 x 10).
Isso porque a equipe treinada por Marino, ao seu melhor estilo, sempre que com a bola, partia verticalmente em direção à meta defendida por Kalac (que teve uma atuação muito segura), tendo no azzurro Di Natale seu mais criativo e perigoso expoente.
Já seu companheiro de seleção italiana, o talentoso Fabio Quagliarella, não esteve nos seus melhores dias e acabou desperdiçando boas oportunidades, como quando não conseguiu alcançar a bola de voleio aos 60' ou quando concluiu por cima, na linha da pequena área, aos 62'.
Na 2ª etapa, não obstante as chances perdidas, o ritmo da partida caiu sensivelmente, com o Milan mantendo a posse de bola, mas pouco agressivo, parecendo sentir muito a ausência de Pirlo (suspenso) e o dia ruim de Kaká.
Mas acabou que Il Principe teve uma participação fundamental no lance que decidiu a partida: o nigeriano Obodo tinha a bola dominada em sua intermediária - aos 92', mas resolveu sair driblando, logo ele, Alexandre Pato, que tomou-lhe a bola e tocou para Kaká, que, de chaleira serviu Gilardino (que entrara no lugar de Ronaldo 9' antes), com o atacante italiano fuzilando (acima - Ansa) com um diagonale certeiro no canto de Handanovic, que nada pôde fazer.
Aí veio o apito final e 3 pontos na sacola do Milan!
O tabellino:
Udinese: Handanovic; Zapata, Coda, Lukovic; D'Agostino, Eremenko (51' Obodo), Mesto, Dossena; Pepe, Quagliarella, Di Natale. All. Marino.
Milan: Kalac; Bonera, Nesta, Kaladze, Favalli; Gattuso, Ambrosini, Seedorf, Kaká; Ronaldo (83' Gilardino), Pato (94' Emerson). All. Ancelotti.
Gol: 92' Gilardino.
Árbitro: Farina.
Cartões amarelos: Quagliarella, Ambrosini e Gilardino.

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

2 Comments:

At 10:53 PM, Anonymous pai said...

Rodolfo
O Dida não jogou por ter se contundido ou, finalmente, foi barrado?

 
At 12:31 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

Pai,
Muitíssimo obrigado pela visita! Dida está com um problema no joelho e por isso não foi convocado.
Apesar das reiteradas falhas e críticas, esta semana o Galliani (que é quem manda no Milan) deu declarações confirmando Dida para a próxima temporada no elenco 'rossonero'.
De qualquer maneira, da mesma forma continuam as especulações sobre eventuais sucessores.
Beijos,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker